Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 08 - Agosto Perícia Oficial investe em tecnologia para análise de dispositivos móveis
22/08/2017 - 15h10m

Perícia Oficial investe em tecnologia para análise de dispositivos móveis

Aquisição foi realizada com recursos próprios e irá ampliar a quantidade de tipos de exames no IC

Perícia Oficial investe em tecnologia para análise de dispositivos móveis

Ferramenta permite a extração de chamadas, listas de contato, calendários, SMS, MMS, fotos, vídeos, arquivos de áudio e notas para a maioria dos telefones (Fotos: Ascom/Perícia Oficial)

Texto de Aarão José

 

Os dispositivos móveis estão cada vez mais presentes na vida do homem contemporâneo. A popularidade desses equipamentos e sua funcionalidade permitem ao usuário, além de realizar ligações, trocar arquivos, mensagens instantâneas, fotos, acessar a internet e as redes sociais.

 

Toda essa versatilidade dos equipamentos eletrônicos vem sendo desvirtuada e utilizada por criminosos, passando a ser um item rico em vestígios criminais, motivo de apreensão para posterior exame pericial. Pensando nisso, os gestores da Perícia Oficial do Estado de Alagoas (Poal) adquiriram uma das mais modernas ferramentas para recuperação de dados de dispositivos móveis. 

 

O XRY, kit composto por hardware e software forense sueco, foi adquirido para ser utilizado pela Chefia de Perícias de Crimes de Informática do Instituto de Criminalística (IC) em perícias de aparelhos de celulares, smartphones, tablete e até drones. Um investimento de quase R$ 200 mil, em recursos próprios do Tesouro estadual. 

 

Segundo Humberto Oliveira, representante da empresa fornecedora da ferramenta, responsável pelo treinamento, o sistema permite o correlacionamento de forma harmônica e equilibrada entre os dispositivos móveis analisados, possibilitando, inclusive, identificar o envolvimento entre os suspeitos. Além disso, o sistema permite a análise simultânea de três aparelhos e o armazenamento dos dados em arquivos forenses garantindo assim sua integridade. 

 

A ferramenta permite a extração de chamadas, listas de contato, calendários, SMS, MMS, fotos, vídeos, arquivos de áudio e notas para a maioria dos telefones. Permite, ainda, recuperar dados apagados e metadados para arquivos que não podem ser vistos a partir do menu do dispositivo.

treinamento XRY

Os peritos criminais Wellington Melo e José Farias, da Chefia de Perícias de Crimes de Informática, explicaram que o novo sistema permitirá ampliar o leque de tipos de exames e aumentará a capacidade de realização de pericias no setor.

 

Eles destacaram que, além de correlacionar os equipamentos examinados, a ferramenta permite a extração rica de informações, de forma segura e automatizada, permitindo ganho no tempo e na qualidade da análise criminal. 

 

Além do XRY, desde 2015, o Instituto de Criminalística de Alagoas possui outro equipamento de tecnologia israelense para extração e análise inteligente de dados contidos nos dispositivos móveis de suspeitos. Os peritos afirmaram que essas tecnologias se completam, agregando valores, trazendo mais benefícios para a perícia criminal alagoana no combate a criminalidade.

Ações do documento