Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 01 - Janeiro Pelo segundo ano consecutivo emissão da 2ª via supera a 1ª via da Carteira de Identidade
05/01/2018 - 13h50m

Pelo segundo ano consecutivo emissão da 2ª via supera a 1ª via da Carteira de Identidade

Extravio e má conservação do RG são as principais causas da solicitação do documento.

Pelo segundo ano consecutivo emissão da 2ª via supera a 1ª via da Carteira de Identidade

Sistema informatizado acelera a solicitação e emissão da Carteira de Identidade. Foto: Aarão José.

Texto de Aarão José

 

A Perícia Oficial de Alagoas contabilizou em 2017 um recorde positivo na emissão do principal documento de identificação do Brasileiro, a carteira de identidade. Em todo ano passado, o Instituto de Identificação, atingiu a impressionante marca de 244.409 novos documentos, 18 mil carteiras há mais do que em 2016, quando foram registradas 225.842, um aumento de 8,24% na produção de emissões do documento em todo Estado.

 

Segundo o perito-geral Manoel Melo, o que mais chamou a atenção nos números apresentados pela coordenação de estatística é mais uma vez a grande quantidade de 2ª via da carteira de identidade, um total de 136.393 documentos emitidos. Pelo segundo ano consecutivo, este tipo de solicitação superou a emissão da 1ª via do documento que registrou 108.016, ou seja, em 26% há mais.

 

Esses números quando individualizados pelo tipo de via e comparados a mesmo período do ano anterior, a quantidade de 2ª via também foi superior a 2016 quando foram registrados 114.134, um aumento de 19,50%. Já a 1ª via houve uma retração de 2,7%, em relação a 2016 quando foram emitidas 111.105 novas RG’s.

 

De acordo com Madalena Cardoso, chefe especial do Instituto de Identificação, os dados apresentados são os mais altos dos últimos 14 anos, quando o órgão informatizou o seu sistema, e passou a ampliar sua rede de postos na capital e no interior do Estado. Sobre o número mais alto da 2ª via, ela destacou como as principais causas, o extravio, a falta de zelo pelo documento e a necessidade de renovação para fins de direito.

 

“Mesmo sem a exigência de uma justificativa, ou até mesmo de um boletim de ocorrência, os nossos atendentes ao falar com os usuários escutam as desculpas para solicitar a 2ª via. E as principais causas são a perda do documento, má conservação, danificados, ou a necessidade de substituir a foto que é bastante antiga”, esclareceu Madalena Cardoso.   

 

Atualmente, o Instituto de Identificação possui uma rede com 5 postos na capital e 20 no interior do Estado, e além do RG, o órgão também é responsável por produzir as carteiras funcionais da Polícia Militar e da própria Perícia Oficial. Ainda preocupados com a acessibilidade do cidadão aos serviços oferecidos pelo órgão, o Instituto de Identificação  participa de várias ações sociais, como o projeto Governo Presente e o Dia D que só em 2017 foram responsáveis pela emissão gratuita de 12.104  novas RG’s.

 

“O acesso à carteira de identidade é um direito do cidadão, por isso, a Perícia Oficial trabalha para garantir a população um melhor atendimento através do agendamento eletrônico, com novos postos informatizados, e maior número de funcionários. Com isso, conseguimos diminuir o tempo de entrega do RG, e promover a acessibilidade e o atendimento humanizado para a construção de uma nova Alagoas”, afirmou o perito-geral Manoel Melo.

Ações do documento