Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 03 - Março Instituto de Criminalística faz perícia no Museu Xucurus, em Palmeira dos Índios
19/03/2020 - 18h45m

Instituto de Criminalística faz perícia no Museu Xucurus, em Palmeira dos Índios

Vestígios encontrados serão analisados em laboratório para tentar identificar suspeitos de praticarem o crime.

Instituto de Criminalística faz perícia no Museu Xucurus, em Palmeira dos Índios

Perito criminal José Fernando e equipe examinaram o Museu. Fotos: Ney Correia, ASCOM Palmeira dos Índios.

Redação com Ascom Prefeitura de Palmeira dos Indios

 

Uma equipe do Instituto de Criminalística da Perícia Oficial de Alagoas, liderada pelo perito criminal José Fernando, realizou, nesta quinta-feira (19), uma perícia no Museu Xucurus de História, Arte e Costumes, em Palmeira dos Índios. O Museu foi arrombado no dia 16 de fevereiro deste ano e teve dois revólveres e quatro pistolas furtados do acervo de armas.

 Perícia Museu Xucurus 01

No dia do arrombamento, a Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, acionou a Polícia Militar (PM) e registrou um Boletim de Ocorrência (BO). A investigação ficou a cargo da Polícia Civil, através da equipe comandada pelo chefe de operações Aécio Pinheiro, que acompanhou o exame pericial. 

 Perícia Museu Xucurus 04

A realização da perícia foi possível após 3 dias, porque o município durante esse tempo, manteve Guardas Municipais no local fazendo a preservação da cena do crime. Durante o exame, a equipe localizou, identificou e coletou impressões digitais no local onde ficavam expostas as armas. 

 Perícia Museu Xucurus 02

“Estamos colhendo as informações objetivas, que são os vestígios encontrados na porta que foi arrombada e no local do acervo. Vamos juntar todas as peças, as impressões digitais e concluir o laudo. Acredito que em no máximo quinze ou vinte dias, a depender da qualidade do material periciado, a gente possa identificar o indivíduo que cometeu este crime”, explicou o chefe de operações Aécio Pinheiro.

Perícia Museu Xucurus 03

 
Ações do documento