Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 08 - Agosto IML de Maceió confirma causa da morte de mulher assassinada em Hotel
17/08/2020 - 16h31m

IML de Maceió confirma causa da morte de mulher assassinada em Hotel

Material biológico encontrado no corpo da vítima foi recolhido para posterior exame de DNA

IML de Maceió confirma causa da morte de mulher assassinada em Hotel

Corpo foi necropsiado e liberado para sepultamento no IML da Capital. Foto: arquivo

Texto: Aarão José 

 

O Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) concluiu o exame cadavérico no corpo da jovem encontrada morta na madrugada de hoje (17), em Hotel no bairro do Poço, em Maceió. A necropsia apontou que a mulher foi morta por asfixia por esganadura.

 

De acordo com o perito médico legista plantonista na unidade de medicina legal da capital, na análise externa do corpo foram encontradas marcas no pescoço e sinais de asfixia. O exame também confirmou uma lesão na parte ântero-superior da cabeça, compreendida entre os olhos e a região do cabelo.

 

“Apesar de a vítima apresentar essa lesão na testa, as marcas de mãos provocadas pela constrição no pescoço e outros sinais de asfixia permitiram concluir que a causa da morte foi por esganadura mesmo”, explicou o perito médico legista.

 

No final da manhã, familiares da vítima estiveram no IML e fizeram o reconhecimento oficial do corpo. Ela foi identificada como Mayara Fabiane Quintino dos Santos Oliveira, de 24 anos de idade, natural de Alagoas.

 

Durante o exame de necropsia também foram coletados materiais biológicos nos órgãos genitais e unhas da vítima. Esse material ficará custodiado no IML para posterior exame de confronto genético (DNA) com algum suspeito de cometer o crime, para comprovar a autoria do assassinato.

Ações do documento